Suave noite – Gentle Night

DSC01025

E no escuro da noite,

Em toda sua imensidão,

Repousa a mão que pescou o peixe, que ergueu o mastro, que pregou a madeira, que forjou a lâmina.

No tecido azul do céu encontramos abrigo.

No leito macio do mar achamos berço.

During the dark of the night,

In all her immensity,

Rest the hand what fished the fish, raised the mast, nailed the wood, forged the blade.

Under the blue fabric of the sky we found shelter.

Over the soft seabed we meet our cradle.

Todo azul da noite. – All the blue of the night

Todo azul da noite. – All the blue of the night

Meu oceano azul. Meus sonhos azuis numa noite de vagas cintilantes. Céu azul-escuro no azul do mar eterno. E me navego e escorrego entre dois infinitos. My blue ocean. My blue dreams in a night of shimmering curls. Deep blue … Continue reading